Editora Contexto

Assunto
(0) items
  • ISBN 978-85-7244-305-0
  • Formato 16 X 23
  • Peso 0.579 kg
  • Acabamento Brochura
  • Páginas 400
O ano de 2009 marca o centenário de nascimento de dom Helder Camara, talvez a figura mais brilhante e polêmica que a Igreja brasileira já produziu. Chamado pela imprensa ora de "bispo vermelho" ora de "santo rebelde", Helder Camara foi amado pelo povo e odiado pela alta cúpula dos governos militares. Por isso mesmo os julgamentos a seu respeito se polarizam. é fácil transformá-lo em figura mítica com postura rebelde, acima do bem e do mal. Em virtude de sua pregação libertadora em defesa dos mais pobres - que ultrapassou as fronteiras nacionais e continentais - e de sua atuação política e social, foi perseguido e caluniado. é igualmente fácil dizer que ele era o típico padre de passeata, pregador de utopias, manipulador de massas com discurso que misturava Deus e Marx. Difícil é manter a isenção diante de figura tão poderosa. Daí a importância deste livro, escrito por Nelson Piletti e Walter Praxedes. A obra - resultado de intensa pesquisa, numerosas entrevistas e análise objetiva de documentação farta e inédita - não investiga apenas a trajetória de dom Helder. Como toda boa biografia deveria fazer, situa o biografado na História do Brasil, estuda as relações entre militares e a Igreja brasileira e entre esta e o Vaticano. Pela importância do biografado, pelo período que analisa, pela escrita elegante e gostosa de ler, esta obra está destinada a ocupar a atenção dos leitores.

Avaliar o produto

Somente usuários registrados podem escrever comentários. Por favor, faça log in ou registre-se

Assine nossa newsletter, é grátis!