Editora Contexto

Assunto
(0) items

Argentinos, Os

Release(s)

  • "Os Argentinos"

    • Jornalista Ariel Palacios lança Os Argentinos 


      Livro que marca a estreia do autor no mercado editorial é um panorama político, econômico e social
      e desmistifica clichês existentes sobre a Argentina
       

       

      No dia 27 de fevereiro, a Editora Contexto lança “Os Argentinos”, do jornalista e correspondente brasileiro em Buenos Aires Ariel Palacios. O título, que integra a coleção “Povos & Civilizações”, conta como os argentinos são, como vivem, sua conturbada história, suas crenças e como, ao contrário do que muitos acreditam no Brasil, gostam e admiram seus vizinhos brasileiros.

      A história político-econômica, social e geopolítica da Argentina tem mudado muito nas últimas décadas e o objetivo da obra, de acordo com o autor, é mostrar ao leitor brasileiro a estrutura de um país cheio de contrastes e antagonismos.

      Temas como a cultura, o dia a dia, a idiossincrasia, a gastronomia, os mitos, a história, a política, a economia e o futebol, entre outros, estão divididos em 14 capítulos, com linguagem fluida e uma abordagem divertida e, ao mesmo tempo, profunda.

      “A ideia era fazer um livro que ajudasse a acabar com os clichês dos brasileiros em relação ao país vizinho e que abordasse os mais diversos aspectos da sociedade argentina”, diz Palacios, que há mais de 15 anos atua em grandes veículos da imprensa brasileira.

      O futebol, ou o “fútbol” (ou, popularmente, “el fulbo”), é apresentado como a paixão esportiva número um dos argentinos. E, ao contrário do que acredita uma grande parte dos brasileiros, o principal rival da Argentina no futebol é a Inglaterra, por questões geopolíticas, mais especificamente a Guerra das Malvinas (1982). “Nesse contexto, quando o Brasil enfrenta a Inglaterra, os argentinos sempre torcem a favor do Brasil”, revela Palacios.

      A economia argentina causa surpresa aos economistas de todo o planeta, já que o país, que representava 50% do PIB latino-americano em 1910, atualmente representa apenas 7,7%. “O país passou pelas mais esquizofrênicas políticas econômicas, indo de governos estatizantes aos mais intensos neoliberais, para voltar de novo às estatizações. Durante a crise de 2001-2002, além do peso, os argentinos operavam com o dólar e mais de uma dúzia de ‘moedas paralelas’ cujas cédulas pareciam notas do ‘Banco Imobiliário’”, comenta o autor.

      O livro também retrata as peculiaridades da história, desde as duas fundações da cidade de Buenos Aires (a segunda delas, protagonizada por um basco acompanhado de uma centena de paraguaios), até a existência de duas datas nacionais. Palacios destaca que a Argentina é um país altamente politizado, embora careça de uma tradição de institucionalidade: somente quatro presidentes civis conseguiram completar seus mandatos nos últimos 80 anos.

      “A Argentina é o país com o qual compartilhamos o “portunhol”, este peculiar ‘idioma’, falado tanto por turistas como por presidentes. E é também a terra do ‘lunfardo’, a sui generis gíria usada no tango e na vida cotidiana”, completa Palacios.

      O país é a terra de mitos como Juan Domingo Perón e sua mulher Evita; de Carlos Gardel, de Diego Armando Maradona, entre outros. Parte destes mitos está enterrada, “pero no mucho”. Esse é o caso de Perón e Evita, que apesar de mortos há décadas, ainda arrebanham votos nas eleições argentinas. 

       

      O autor - Formado em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL/PR), Palacios fez o Master de Jornalismo do jornal El País (Madri) em 1993. É correspondente do jornal O Estado de S. Paulo em Buenos Aires, desde 1995, e do canal de notícias GloboNews, desde 1996.


      Sobre a Editora Contexto – Idealizada pelo historiador Jaime Pinsky e especializada em ciências humanas, a Editora Contexto está presente há 26 anos no mercado editorial brasileiro. Detentora de centenas de livros referência para a academia, também se dedica à produção dos chamados “livros de livraria”.

       

      Serviço

      Livro: Os Argentinos
      Formato: 16,5 x 21,5 cm / 368 páginas

       

       Informações

      Note! Assessoria de Comunicação
      www.notecomunicacao.com.br
      Adriane Fonseca/ Fernanda Pancheri
      (11) 3796-9067
      adriane.fonseca@notecomunicacao.com.br
      fernanda.pancheri@notecomunicao.com.br