Editora Contexto

Assunto
(0) items

ÍDOLO POLÊMICO, RIVELLINO TEM SUA HISTÓRIA CONTADA EM LIVRO

Fonte: Meu Timão

 

Rivellino esteve no primeiro evento da Arena Corinthians | Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

 

As histórias de um ídolo corinthiano e craque da Seleção Brasileira foram transformadas em um livro. Durante dois anos, o jornalista e comentarista do SporTV, Marício Noriega, se dedicou a estudar a vida e carreira de Rivellino, construindo um perfil do craque.

Nesta sexta-feira, os dois estiveram na Livraria Cultura, em São Paulo, para o lançamento da obra, prestigiando os fãs em uma noite de autógrafos. Na ocasião, o autor do livro revelou que a ideia começou a partir de um desafio.

"Na verdade fui meio convencido pelo Riva a fazer o livro. Era um processo de tentar convencê-lo a participar de um projeto. Em princípio não seria eu que ia escrever o livro. Mas ele me soltou um desafio. Falou que se eu escrevesse ele faria. Não dá para deixar de aceitar um desafio do Rivelino", contou Noriega, em entrevista ao SporTV News.

"E estar ao lado dele, batendo papo, gravando entrevistas, pra mim foi espetacular. Foi quase a realização de um sonho. E pude aprender muito mais da vida dele, de como ele se transformou nesse jogador que é ídolo de gerações e gerações. E dei boas risadas", acrescentou.

Rivellino passou dez anos no Corinthians, proporcionando ótimos momentos ao torcedor alvinegro. O ex-meia fez 474 jogos e 144 gols pelo Timão, além de ter conquistado o Torneio Rio-São Paulo, em 1966. O ex-jogador, inclusive, participou do jogo festivo de inauguração da Arena Corinthians, marcando, de pênalti, o primeiro gol do estádio. A polêmica de sua carreira se dá por conta da decisão do Campeonato Paulista de 1974, no qual o Reizinho do Parque, como era conhecido, foi considerado culpado pela derrota do Timão para o Palmeiras. Logo após o ocorrido, foi negociado com o Fluminense.