Editora Contexto

Assunto
(0) items

Maurício Noriega, do SporTV, lança livro que conta trajetória de Rivellino

Comentarista revela que tudo começou com um desafio do próprio ex-jogador quando conversavam sobre outro projeto: "Em princípio não seria eu que ia escrever o livro"

Fonte: SporTV.com

 

As histórias do ex-jogador Rivelino, ídolo do Corinthians e craque da seleção brasileira, foram parar nas páginas de um livro. E o autor é o comentarista do SporTV Maurício Noriega. Nesta sexta-feira, ambos estiveram em uma livraria em São Paulo para uma noite de autógrafo que marcou o lançamento da obra. Na ocasião, Nori revelou que tudo começou a partir de um desafio(assista ao vídeo).

- Na verdade fui meio convencido pelo Riva a fazer o livro. Era um processo de tentar convencê-lo a participar de um projeto. Em princípio não seria eu que ia escrever o livro. Mas ele me soltou um desafio. Falou que se eu escrevesse ele faria. Não dá para deixar de aceitar um desafio do Rivelino - declarou Noriega.

 

 

O livro conta com um depoimento de Pelé. Nele, o Rei do Futebol afirma que Rivelino foi um dos cinco maiores jogadores de todos os tempos. Presente na noite de autógrafo, o narrador do SporTV Milton Leite se declarou fã do homenageado na obra do colega.

- É um livro bem gostoso. Não é uma biografia na acepção da palavra, não é um perfil. O Rivelino é um baita personagem. Sou de uma geração, tenho 56 anos, e comecei a gostar de futebol por causa da seleção de 1970, comecei a gosta por causa da Copa de 70. E o Rivelino era um expoente daquele time. Rivelino, Pelé, Tostão, Gerson. Então o Rivelino também está na minha memória afetiva por causa disso - disse Milton.

Noriega afirmou que as conversas para a produção do livro serviram de aprendizado sobre a vida do ídolo do Corinthians.

- E estar ao lado dele, batendo papo, gravando entrevistas, pra mim foi espetacular. Foi quase a realização de um sonho. E pude aprender muito mais da vida dele, de como ele se transformou nesse jogador que é ídolo de gerações e gerações. E dei boas risadas - contou.